O CRENTE E A ÁGUIA
Featured

02 May 2018
(0 votes)
Author :  
font size +

 

A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver 70 anos. Mas para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma séria e difícil decisão. Aos 40 anos ela está com: – as unhas compridas e flexíveis e não consegue mais agarrar as suas presas das quais se alimenta, – o bico alongado e pontiagudo se curva apontando contra o peito, – as asas estão envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já não é tão fácil!

Então, a águia só tem duas alternativas: morrer… ou enfrentar um doloroso processo de renovação que irá durar 150 dias. Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar. Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo. Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas.

- Publicidade -


E só após cinco meses sai para o famoso vôo de renovação e para viver então mais 30 anos. A vitória é para os que têm coragem e não sentem pena de si mesmos! Em nossa vida, muitas vezes, temos de nos resguardar por algum tempo e começar um processo de renovação. Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes e outras tradições que nos causaram dor. Somente livres do peso do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz. (Colaboração Wesley).

REFLEXÃO

O crente em Jesus, assim como a águia, precisa de uma renovação, não apenas quando atinge à idade avançada, quando suas forças físicas e mentais estão em decadência natural, como resultado do pecado que passou a todas as pessoas (Rm 5.12).

É necessário que haja uma renovação constante, sob penas de cairmos num processo de envelhecimento espiritual perigoso, em que já não há mais alegria; em que já não há mais força para caminhar; em que já não há mais visão para contemplar a glória de Deus; em que já não há mais força para amar o irmão e muito menos o inimigo (cf. Mt 5.44); em que já não há mais disposição para perdoar e ser perdoado; em que o apetite se vai, já não havendo mais desejo de alimentar-se da palavra e da água do espírito, que é a mensagem divina; em que o medo do futuro paralisa as emoções e enfraquece a alma, e debilita o espírito!

É necessário renovação! E todos os dias de nossa vida cristã. Quem melhor nos dá a receita é S. Paulo:

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12.1,2).

Mas os que esperam no senhor, renovarão as suas forças, subirão com asas como águias, correrão e não se cansarão, caminharão e não se fatigarão.
Isaías 40:31.

A águia se renova para continuar voando. Nós nos renovamos para continuar vivendo em comunhão com Deus e com os irmãos; para experimentarmos a “boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.



About the author

344 Views
Super User

Suspendisse at libero porttitor nisi aliquet vulputate vitae at velit. Aliquam eget arcu magna, vel congue dui. Nunc auctor mauris tempor leo aliquam vel porta ante sodales. Nulla facilisi. In accumsan mattis odio vel luctus.